A transmissão ao vivo atravessa a cena do marketing de conteúdo de uma maneira que não acontecia a anos. Com isso, especialistas já afirmam que a transmissão ao vivo inaugura a era do marketing de conteúdo 2.0. E nesta nova era de marketing de conteúdo, o consumidor está apaixonado pelo vídeo que é ao vivo, interativo e autêntico.

Já não basta sentar o CEO de uma marca em um estúdio bem iluminado para responder perguntas pré-avaliadas e respostas ensaiadas. Hoje, o bom conteúdo de vídeo ao vivo deve ser sim planejado e profissional, mas com uma postura espontânea e aberta.

As possibilidades são muitas, sua marca pode conversar com o consumidor via Facebook Live, pode mostrar bastidores da sua sede no Periscope, ou ainda registrar todo o seu evento corporativo no Snapchat.

Uma estratégia de transmissões ao vivo nada mais é do que conectar sua marca com o seu público de forma natural, humana e engajadora.

Ao contrário de posts de blog e webinars pré-gravados, o vídeo ao vivo é melhor quando é usado para expor a personalidade de uma marca em seu habitat natural.

Nesse caso uma boa estratégia de marketing de conteúdo exige uma transmissão vivo planejada pensando desde a linguagem, apresentação e conteúdo, até a produção, distribuição e engajamento da live.